Netlinks | Agência de SEO Certificada pelo SEMrush

SP

R. Florida 1738, Cj 121, Brooklin
Atendimento: (11) 2500-2228

BH

R. J. Achilles Veloso 160, Estoril
Atendimento: (31) 4042-5566

SP

Rua Florida 1738, Cj 121
Brooklin (11) 2500-2228

BH

Juiz Achilles Veloso 16
Estoril (31) 4042-5566

Boas práticas de SEO: dicas para seu site

imagem ilustrativa boas praticas de seo

Com dúvidas sobre as boas práticas de SEO para seu site? Acompanhe o texto e descubra tudo o que você precisa sobre o assunto!

Com todas as boas práticas de SEO que apresentamos no artigo, será mais simples colocar seu site nos primeiros lugares do Google. Vamos lá?

7 boas práticas de SEO fundamentais para o seu site

1. Ter um site responsivo

Um site responsivo é aquele que se adapta a diferentes telas. Ou seja, no computador, no celular, em um tablet: não importa onde, o conteúdo vai se ajustar e ser bem visualizado.

Isso é importante porque mais de 50% das pesquisas no Google são feitas pelo celular. Então, buscando oferecer o melhor resultado ao seu usuário, o mecanismo de busca dá preferência a exibir nos seus resultados sites responsivos.

Seu site precisa fazer parte dessa categoria. Assim, ele será melhor considerado pelo Google e outros motores de busca (como o Yahoo!, Bing etc.)

2. Otimizar imagens para SEO

As imagens funcionam para atrair o leitor, mas também precisam conseguir ser lidas pelo Google. Mas os computadores do mecanismo ainda não são capazes disso. Por isso, é uma boa prática de SEO ajudá-lo nisso.

Para otimizar as imagens para SEO, você só precisa definir o título e atributo alt da imagem. No título, é interessante que o nome que aparece seja a palavra-chave do conteúdo. Um exemplo: se a imagem ilustra um conteúdo sobre sorvete de chocolate, o nome dela deve ser sorvete-de-chocolate.

Já o texto alt da imagem será a descrição dela. É essa descrição que programas para pessoas com baixa visão vão usar para “ler” as imagens para o usuário. O Google considera a acessibilidade dos conteúdos um fator essencial para classificá-los.

Dessa forma, o atributo alt deve ser o mais claro possível. Ainda no exemplo do sorvete de chocolate, você pode descrever a imagem como “casquinha com duas bolas de sorvete de chocolate”, “pessoa tomando sorvete de chocolate” ou outros, dependendo do que a foto mostra.

3. Criar sitemaps

Um sitemap nada mais é do que o mapa do site. Ele deve ser criado em formato XML, o que vai facilitar o processo de indexação das páginas pelo Google.

Assim, o Google terá mais facilidade em entender os conteúdos do site e vai poder mostrá-los como resultado em suas pesquisas.

4. Pesquisar por palavras-chave

Sem dúvida, a pesquisa estratégica de palavras-chave é a parte mais importante de uma estratégia de SEO. São essas palavras que vão ajudar o Google a entender o tema do seu site, sobre o que falam os seus conteúdos e o que você pode oferecer ao usuário.

Existem várias ferramentas que podem auxiliar nessa pesquisa de palavras-chave. Como o Ubersuggest, SEMrush e até o Google Ads.

Vamos a um exemplo. Se você tem uma empresa de estética automotiva, algumas palavras relevantes para o seu site podem ser: lavar carro, lava jato, cuidar do carro, lava rápido e mais.

Essas palavras poderão ser exploradas principalmente para conteúdos em um blog. A adoção de uma estratégia de inbound marketing pode trazer ótimos resultados para o site.

5. Usar as palavras-chave nas páginas principais

Depois de fazer uma boa pesquisa de palavras-chave, você poderá utilizá-las em páginas principais do seu site. Isso significa colocá-las na Home, o Sobre da sua empresa, landing pages e mais.

Com essa estratégia, de novo, o Google conseguirá interpretar melhor o que seu portal oferece. Mas atenção: não exagere.

Quando muitas palavras-chave são usadas, e de forma repetitiva, há um problema chamado de keyword stuffing. Ou seja, o Google interpreta que você não traz conteúdo relevante. Seu site apenas resolveu exagerar no uso de palavras-chave para chamar a atenção dele. 

Só que o mecanismo de busca realmente avalia a qualidade do conteúdo das páginas. Principalmente: se elas oferecem uma boa experiência ao usuário.

Quando não, o site será punido pelo uso dessa técnica de Black Hat.

6. Escreva um bom conteúdo no seu site

Não importa onde o conteúdo vai estar, em uma página ou em um blog post: ele deve ser incrível!

Escrever um bom conteúdo aumenta suas chances de entregar exatamente o que o usuário procura. E isso é importante para o Google, que vai começar a ranqueá-lo melhor.

Por isso, vale a pena tomar vários cuidados. Como usar palavras-chave da forma adequada, como explicamos antes.

Outra dica é escrever textos fáceis de ler, com uma linguagem acessível e visualmente bem distribuído. Evite frases grandes demais, ou parágrafos grandes demais, pois elas podem “assustar” o leitor.

O ideal é que, com uma leitura dinâmica, o usuário já entenda o que aquele texto tem a oferecer. Então, ele vai dar a devida atenção à sua leitura.

Os conteúdos do seu site também precisam ser exclusivos. Copiar material de outro site, ou mesmo de outras páginas do seu site, vai trazer problemas com o Google. Afinal, conteúdos duplicados não são relevantes.

7. Cuidado com a estrutura de URLs

Sabia que cuidar dos URLs da sua página também está entre as boas práticas de SEO? Essa estratégia vai facilitar que usuário e Google entendam rapidamente sobre o que o conteúdo fala. E isso é essencial para manter a atenção do mecanismo de busca e dos internautas.

Esse cuidado é simples. Um exemplo: sua página Sobre deve ter o URL seusite.com/sobre, em vez de algo como seusitesite.com/78546. O que esses números iam mostrar? Simplesmente nada, e esse não é bem o seu objetivo.

Esse cuidado vale para todas as páginas do site, inclusive para os blog posts. Insira sempre a palavra-chave no URL e torne-o bem objetivo. Quanto mais curto e direto ele for, mais fácil costuma ser interpretá-lo.

Não se esqueça que essas são apenas algumas das técnicas indicadas. Na verdade, o mundo do SEO é muito mais amplo, com estratégias e técnicas a perder de vista. Você pode conhecer um pouco mais sobre ele no texto: O que é SEO: confira o guia da Netlinks de otimização de sites.

Para colocar seu site no topo, você pode contar com a consultoria da Netlinks. Nosso time de especialistas está preparado para tornar o seu site o mais otimizado possível em SEO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.